,

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Você ainda se lembra? Mineiros E.C, vence Atletico-MG no Odilon Flores.

O Jogo


Um chute para fora de Marcelo Goianira, logo no primeiro minuto do jogo, mostrou que a equipe do Mineiros entrou no gramado disposta a fazer prevalecer o mando de campo. Entusiasmo e velocidade não faltaram ao time goiano no início de partida. O Galo, por sua vez, não deixou por menos e atacava também, tornando o inédito confronto, bastante ofensivo.

Aos 2min, Vicente cruzou e Ramon bateu de primeira, obrigando o goleiro Douglas a fazer boa defesa. No minuto seguinte, foi a vez de Ramon cruzar para cabeçada de Leandro Cardoso, para fora, mas com perigo. O jogo seguia com ataques dos dois lados até que, aos 10min, Ramon abriu o marcador para o alvinegro mineiro.

O ala Rodrigo Dias, substituto do contundido Zé Antônio, apareceu como centroavante e chutou. O goleiro Douglas defendeu, mas largou a bola e Ramon aproveitou o rebote para marcar o seu segundo gol na Copa do Brasil e o quarto do Atlético na competição. A desvantagem não assustou o time da casa, que se lançou à frente em busca do empate.

O que se viu após o gol atleticano foi o domínio total do Mineiros, que pressionou o adversário até empatar a partida, aos 21min, por meio de Castor, principal jogador da equipe goiana. Ele fez um belo gol, após dar três cortes contra um marcador. O empate desnorteou ainda mais o Galo, que recuou em demasia e cedeu espaços ao time do interior de Goiás.

A pressão era total e o segundo gol do Mineiros era questão de tempo e acabou saindo aos 33min. A bola foi levantada na área atleticana e o árbitro Edilson Ramos da Mata marcou pênalti, ao ver um toque de mão do zagueiro Leandro Castan. A cobrança foi de Castor, que marcou o seu quarto gol na Copa do Brasil e o sétimo da sua equipe na competição.

O goleiro Bruno, do Atlético, deixou o campo no intervalo reclamando da arbitragem. “Não dá para jogar desse jeito, o juiz é caseiro”, afirmou o número 1 do Galo. Para o técnico do Mineiros, Vitor Hugo, o meia Castor desequilibrou a partida em favor da sua equipe. Ele cobrou, no entanto, mais eficiência nos contra-ataques. “Poderíamos até ter definido o jogo, no finalzinho do primeiro tempo”, disse o treinador.

O Galo voltou para o segundo tempo sem o zagueiro Lima, contundido, e com um esquema novo. O técnico Lori Sandri colocou o volante Éverton no lugar do defensor, passando para o 4-4-2. O novo sistema, no entanto, deixou vulnerável a defesa atleticana. O Mec, que retornou com a mesma formação, continuava melhor em campo.

Aos 3min, o Mineiros teve boa chance para ampliar o marcador, quando Bombinha foi lançado e apesar de estar livre, bateu mal, desperdiçando a oportunidade. O Galo tentava se encontrar, mas enfrentava dificuldades para criar jogadas ofensivas e, ao mesmo tempo, se expunha aos contra-ataques dos donos da casa.

Aos 17min, o Atlético empatou a partida, com um belo gol marcado pelo volante Éverton, que arriscou de longe e mandou no ângulo do goleiro Douglas. O Galo não teve tempo para comemorar. No minuto seguinte, o atacante Bombinha colocou o Mineiros novamente em vantagem, fazendo 3 x 2. O Galo buscou o empate, mas foi o Mec quem esteve mais perto de voltar a marcar.

MINEIROS-GO
Douglas; Andrezinho, Eraldo, Zacarias e Freitas; Henrique, Marcelo Goianira (Luisão), Flavinho (Torrinha) e Castor (Vagner); Marcinho e Bombinha
Técnico: Vítor Hugo

ATLÉTICO-MG
Bruno; Leandro Cardoso, Lima e Leandro Castan; Rodrigo Dias, Rafael Miranda, Márcio Araújo, Jonathan Fabbro (Rafael Gaúcho) e Vicente; Ramon e Tiago Cavalcanti (Éder Luís)
Técnico: Lori Sandri

Data: 15/3/2006 – quarta-feira
Local: Estádio da Odilon Flores, em Mineiros
Público: Não divulgado
Renda: Não divulgada
Árbitro: Edílson Ramos da Mata (MT)
Cartões amarelos: Rafael Miranda (Atlético-MG); Andrezinho (Mineiros)


Gols: Ramon, aos 10min, Castor, aos 22min e aos 34min do primeiro tempo; Éverton, aos 17min, Bombinha, aos 18min do segundo tempo

Fonte: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas/2006/03/15/ult59u100642.jhtm

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Casamento de Nathany & Matheus.

Casamento de Nathany & Matheus.

No dia 14 de fevereiro foi celebrado no Tropical Eventos, um casamento mais que especial, onde os sentimentos de todos…
Moline e Müller | Cobertura Completa.

Moline e Müller | Cobertura Completa.

Special Places marcando presença não só em lugares especiais, mas também em momentos especiais!E o que pode ser mais especial…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Da mesma categoria:

Folha Jovem Edição Nº 100 | Mineiros GO

Folha Jovem Edição Nº 100 | Mineiros GO

Confira a ultima edição do jornal mais badalado da cidade, informações, noticias e muito mais.
CURSO PARA FORMAÇÃO DE MODELOS PROFISSIONAIS

CURSO PARA FORMAÇÃO DE MODELOS PROFISSIONAIS

👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇👉👉 INFORMAÇÕES DETALHADAS SOBRE O CURSO DE MODELO 👈👈👀👁️👀👁️👀👁️👀👁️👀👁️ OLÁ, DESDE JÁ OBRIGADO PELA ATENÇÃO INFORMAÇÕES E EXPLICAÇÕES SOBRE O…
Nathany & Matheus, o casamento.

Nathany & Matheus, o casamento.

A partir das 10h30 neste domingo foi celebrado no Tropical Eventos, um casamento mais que especial, onde os sentimentos de…
Festival de Massa Beneficente.

Festival de Massa Beneficente.

Festival de massa beneficente. Depoimento: Meu nome é Jaciele Pereira Soares, tenho 27 anos, residente da cidade de Mineiros-Go. Sempre…